Costume de ouvir muita música

Os jovens já têm o costume de ouvir muita música e isso pode fazer muito bem para a saúde e concentração.

Se ouvir música já é parte da sua rotina, é possível encontrar nela um mecanismo para equilibrar mudanças de humor. Por conta das características rítmicas e repetitivas, a música age no neocórtex, liberando uma substância chamada dopamina, que age como neurotransmissor e te faz se sentir bem acalmando e reduzindo a impulsividade, ansiedade e estresses. Tão presentes na atual rotina dos jovens e adultos.

O aprendizado de música e instrumentos musicais contribui para o desenvolvimento dos aspectos cognitivos, emocionais e sociais, promovendo o bem-estar do indivíduo, além de auxiliar em vários aspectos no desenvolvimento das crianças, jovens e adultos.

Para tornar essa atividade mais benéfica para a mente, uma sugestão é ir mudando, aos poucos, o tipo de música que estiver ouvindo em um momento de catarse para algo mais sereno e otimista.

A Musicoterapia une todos os benefícios da música por estar classificada entre arte e saúde para promover melhorias na comunicação, expressão e aprendizado.

Inúmeros tipos de problemas podem ser tratados através desta ferramenta. Desde sintomas emocionais até deficiências físicas, passando por lesões cerebrais, distúrbios psicológicos e até doenças como câncer e o Alzheimer.

Então quando seu filho(a) adolescente estiver ouvindo música, pense bem como abordá-lo e como direcionar esse lazer para o benefício de seu desenvolvimento físico, mental e socioemocional.

Fontes:

https://www.cvv.org.br/blog/beneficios-da-musica-para-saude-mental/#:~:text=Se%20ouvir%20m%C3%BAsica%20j%C3%A1%20%C3%A9,acalmando%20e%20reduzindo%20a%20impulsividade.

https://revistapegn.globo.com/

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *